domingo, setembro 10

Se existem nódoas negras...



a Cimenteira do Outão, em plena Serra de Arrábida é uma delas.

2 comentários:

solquartocrescente disse...

É pena estas visões...
Eu ainda acredito que um dia qualquer químico que seja produzido consiga ser reciclado puramente até à natureza.
Numa altura em que provavelmente nem chegaremos a usar muitos químicos.
Uma cimenteira poluí demais, seja o ar, seja visualmente

Tiago disse...

Não há locais prefeitos…
Realmente é terrível a situação da Arrábida, a mais bela serra portuguesa tem demasiados pontos negros que nem sempre sabemos se são males necessários ou desnecessários.